Sistema de Ensino AZ

O Sistema de Ensino AZ representa, para os responsáveis, a escolha por uma instituição de ensino que visa à eficácia nos estudos, com efeitos de longo prazo na formação de seus filhos.
E, para os alunos, uma oportunidade de aprender a gostar de estudar, em um ambiente marcado pela aquisição dinâmica de conhecimento, cultura e disciplina de estudo.

As famílias sabem que a formação do caráter não pode ser submetida a fórmulas e ideias mágicas, pois a correção de rumos é diária e depende de cada gesto, cada palavra, cada atitude. Nesse sentido, optamos por adotar uma linha pedagógica híbrida, que procura reunir aspectos efetivos de diferentes filosofias educacionais.
Ao adotar uma pedagogia híbrida, nossa intenção é justamente desfazer o falso dilema entre "formação" e "preparação para provas". A premissa é simples: cada vez mais inteligentes, as provas de hoje exigem forte base cultural, senso crítico, autonomia de pensamento e capacidade de resolver problemas.
Nesse sentido, é necessário equilibrar o desenvolvimento de habilidades socioemocionais à disciplina de estudo.

O segredo dos bons alunos não é estudar “muito”; é estudar bem. Na prática, isso significa ter método e estratégia. Aqui nós aplicamos uma ferramenta chamada “Ciclo PDCA”, muito utilizada por empresas que visam à melhora constante. A ideia central é ensinar os alunos a sempre se planejar antes de qualquer tarefa, executar bem o planejamento, checar os resultados da execução e atuar corretivamente, aprendendo com os erros.

Tipicamente, no caso da educação, mesmo os alunos estudiosos costumam ficar presos a apenas duas dessas atividades: estudar e fazer provas. Com isso, costumam repetir erros, que vão se acumulando na vida escolar.
Nossa aposta é inserir nesse processo as etapas de planejamento e correção de rumos. À primeira, cabe a reflexão antecipada e estratégica ao estudo propriamente dito (como estudar; em que lugar; com que recursos; em qual sequência). À segunda, compete encarar o desempenho anterior e perceber o que poderia ser corrigido no próximo período, refazendo o planejamento.
Provocados a pensar e agir dessa maneira, aos poucos, os alunos do AZ vão desenvolvendo a consciência de que estudar de qualquer jeito não adianta, da mesma forma que é pouco útil apenas verificar a nota obtida, sem analisá-la. Nossa mensagem é a de que o erro não é um problema, desde que seja aproveitado. Se, no entanto, ele se repete, não há superação acadêmica.